fbpx

Terreno perto da praia: o que você deve considerar antes da compra

Morar ou ter um terreno perto da praia é um sonho de muitos. Afinal, esse local é considerado um refúgio para o clima e a rotina pesada da cidade e do dia-a-dia. A maior satisfação, nesse caso, está relacionada à qualidade de vida que o mar proporciona. Ele será um contraponto ao estresse das obrigações cotidianas.

Se a proposta é que você não tenha dores de cabeça após a compra do pedacinho do paraíso, o ideal é que você esteja bem atento na hora de fechar negócio. Até porque você não quer se surpreender com novidades indesejáveis. Confira no post abaixo algumas dicas que separamos para te ajudar nesse novo investimento.

 

O que avaliar na compra de um terreno perto da praia?

Casa feita em terreno perto da praia com piscina e gramado

Foto: Reprodução

Não só a documentação, como também os aspectos técnicos do terreno, serão itens importantes a serem avaliados por você. Mas antes de se envolver com os papéis, dê prioridade ao terreno.

A composição e o tipo do solo, o histórico de alagamentos, metragem e posição solar; aclives e declives. Todas as questões que você puder se certificar sobre o bem que você está adquirindo valem a sua atenção. Afinal, o valor de investimento para esse tipo de compra é alto e você não quer e nem pode perder dinheiro.

 

Documentação

Muitas vezes os lotes não possuem nem escritura. Eles são terrenos de posse e isso pode te gerar um problema futuro caso você precise da documentação. Portanto, não feche negócio sem conferir todos os registros e escrituras do Cartório de Registros de Imóveis do município. 

Muitos terrenos costumam estar incompatíveis com o que está presente nas escrituras, então é bom ficar de olho.

Estrutura

Terreno perto da praia - estrutura de casa construída próxima à praia

Foto: Reprodução

Ter um terreno perto da praia envolve uma série de fatores consideráveis e um deles é a vilã dos materiais de construção e até de decoração: a maresia. Com o tempo e dependendo da sua manutenção, a maresia pode desgastar excessivamente suas peças, e principalmente a estrutura da sua casa.

A dica é que você escolha materiais mais resistentes, ou ao menos um reforço aos que você escolheu. Isso pode ser feito com um recobrimento maior de concreto, por exemplo, no caso da estrutura ser feita a base de ferro. Afinal, ela pode acabar sendo totalmente comprometida pela maresia

Você também pode substituir o ferro propriamente dito por aço patinável e até mesmo madeira. Esses materiais apresentam uma composição mais resistente aos danos ocasionados pelo tempo e pelas vilã das casas de praia: a maresia.

A casa

Agora chegamos na melhor parte, a sua casa! Escolher um terreno perto da praia para construir um imóvel e não aproveitar os recursos próprios do lugar seria um erro sem tamanho. Então, busque valorizar a sua casa ao máximo com aquilo que você já tem.

Considere fatores naturais, como a iluminação solar e o ar fresco do local.  Invista em janelas grandes e largas, cortinas finas e claras (e até mesmo transparentes). Além disso, portas grandes podem favorecer bastante a sua casa.

Vale também pensar em um belo jardim, que não só torne o ambiente bonito, como também contribua com o ar puro. Outra boa ideia é instalar um chuveiro do lado externo para que as pessoas possam tirar a areia da praia e o sal da água.

Enalteça a varanda, caso já possua uma. No caso de não ter, dependendo da localização, você pode avaliar se vale a pena construir uma. Além disso, pense bem na decoração da sua casa, tanto pelos possíveis desgastes com a maresia (nesse caso valem os mesmos cuidados que na estrutura) quanto pelo que irá acrescentar com aquilo que você já tem planejado.


Seguindo essas dicas não vai haver complicação com a construção do seu novo imóvel e nem com o desfrute dele. Inscreva-se em nossa newsletter e acompanhe todas as novidades do nosso blog!