fbpx

Piso ideal para cozinha: descubra o que considerar na escolha

Escolher um piso ideal para cozinha demanda cautela e informação. Pois, para um local em que o contato com gordura e umidade é frequente, não pode ser escolhido um tipo qualquer de revestimento. É necessário que ele seja adequado para esse cômodo, resistente e, ainda melhor, também prático de limpar.  

Dessa forma, para você saber como optar pelo certo, trouxemos aqui algumas dicas e informações necessárias sobre pisos para cozinha. Então, continue lendo este texto e descubra com a gente o que considerar para fazer sua escolha. Além disso, entenda quais são os erros que você não deve cometer. Confira!

Piso ideal para cozinha - cozinha decorada

Foto por Envato

O que considerar ao escolher o piso ideal para cozinha? 

  • Funcionalidade

Ao construir ou reformar qualquer cômodo de casa é natural nos atentarmos logo para aquilo que nos enche os olhos. Afinal, quem não deseja ter o cantinho dos seus sonhos, com a cor e o estilo que sempre desejou? No entanto, embora a estética também seja importante, outros fatores precisam ser levados em consideração. 

Por exemplo, no caso da cozinha, é preciso pensar que trata-se de um ambiente que, como já dissemos, terá contato com gordura e umidade, e que precisará ser higienizado frequentemente. 

Logo, você já entende que talvez não dê para escolher um piso que possa ficar escorregadio em contato com água, principalmente se crianças ou idosos morarem na residência. Ou seja, nesse caso, pisos com acabamento polido podem não ser a melhor opção

Também não dá para escolher um piso que seja difícil de limpar ou que manche com facilidade, ainda mais se a cozinha for ser utilizada com frequência. Então, resumindo: busque escolher um piso que seja durável, fácil de limpar e que não fique escorregadio. Esses podem ser considerados os ponto iniciais básicos para avaliação. 

piso para cozinha

Foto por Envato

  • Estilo

Por fim, não é porque esses fatores devem ser considerados que a estética precisa ficar de lado. Portanto, observe também o estilo na hora de fazer sua seleção. Existe uma grande variedade de modelos no mercado e você pode usar isso ao seu favor. Não precisa se ater ao piso branco, dá para inovar e trazer mais originalidade para a sua cozinha. 

Um piso mais claro tende a oferecer uma sensação de amplitude para o cômodo, sendo bastante indicado para cozinhas mais compactas. Por outro lado pisos escuros podem ser muito elegantes e dar um toque de modernidade ao local.

Mas se você já tiver uma ideia da estética que deseja imprimir na sua cozinha, ficará mais fácil achar o revestimento certo. 

Por exemplo, para quem quer mais personalidade no cômodo, o ladrilho hidráulico é excelente (depois de impermeabilizado). Já os pisos que imitam madeira e podem ser instalados em áreas úmidas, como alguns tipos de vinílicos, são ótimos para quem gosta de uma pegada mais rústica. Enquanto o porcelanato, por sua vez, confere elegância ao espaço.

Em suma, basta ter em mente que o piso deve harmonizar com o restante da decoração, não importando se ele será um ponto de destaque ou se funcionará como uma base neutra para deixar outros elementos da cozinha sobressaírem. 

Gostou das nossas dicas de como escolher o piso ideal para cozinha? Quer ler mais textos como esse? Então continue nos acompanhando por aqui! Além disso, você pode preencher o formulário abaixo e receber nossas novidades em primeira mão.