Você sabe o que é INCC e IGP-M? Descubra!

Durante a compra de um lote ou outros imóveis, vão surgir dúvidas em relação a impostos.

Pessoa calculando impostos de lote com calculadora

Foto: Reprodução

Afinal, é comum que alguns deles sejam cobradas no financiamento do seu lote.

Por esse motivo, vamos explicar neste post quais impostos são esses, qual a diferença entre eles e de que forma eles são cobrados na negociação do seu lote. Acompanhe!

INCC

O Índice Nacional do Custo da Construção apura a evolução dos custos no setor da construção civil e é um dos termômetros do nível de atividade da economia. Ele é calculado mensalmente pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e utiliza como base preços de materiais, equipamentos e mão de obra, além de outros fatores pertinentes à construção civil.

O INCC é utilizado como principal ferramenta de correção do valor das parcelas de imóveis na planta ou em processo de construção, como é o caso de casas construídas em áreas de loteamento.

 

APLICAÇÃO

Esse índice só deve ser aplicado durante a construção. Após seu término, a taxa deve ser suspensa, pois, uma vez pronto, o imóvel não precisa mais de materiais e mão de obra da construção civil. Sendo assim, o custo do imóvel a partir de então não deve sofrer com a oscilação dos preços desses produtos e serviços. Você pode acompanhar a variação do imposto clicando aqui.

 

IGP-M

Também calculado pela FGV, o Índice Geral de Preços de Mercado indica a movimentação no mercado da construção civil de forma mais abrangente. Dessa forma, são utilizadas três variáveis para chegar a seu valor. O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) tem peso de 60% na taxa. O referente ao de Preços ao Consumidor (IPC) entra com 30%. Por fim, o anteriormente mencionado INCC corresponde a 10% do preço do IGP-M.

 

COMO ELE É COBRADO?

O IGP-M é utilizado principalmente na indexação de contratos, ou seja, ele é a base para calcular reajuste de contratos. A cada 30 dias, a FGV divulga um resultado. Dessa forma, o número é utilizado pelo mercado para a tomada de diversas decisões.

Entre várias aplicações, esse número gerado é referência para fazer reajustes da conta de energia elétrica e contratos de aluguel. Porém, da mesma forma, ele também é usado para calcular variações de preço em contratos de terrenos. Ele só pode ser utilizado quando o contrato do imóvel é feito diretamente com a construtora. Assim sendo, não são utilizados recursos advindos de bancos para financiar.

Acompanhe a variação do IGP-M clicando neste link.

 

Agora que você já conhece esses impostos e de que forma eles são cobrados no contrato, não perca tempo! Baixe a tabela de valores do AltaVistta e conheça nossas condições de pagamento. Por fim, faça uma visita ao loteamento com melhor custo-benefício da Barra de São Miguel.