fbpx

3 ervas aromáticas para cultivar em casa

Você já pensou em cultivar ervas aromáticas na sua casa? Cultivar ervas aromáticas em casa traz alguns benefícios, começando pelo fato de poder ter acesso às ervas frescas sempre que precisar. Mas não para por aí, elas também ajudam a embelezar e perfumar ambientes! 

Então, se você quiser saber o que precisa fazer para ter essas plantinhas em casa é só ficar com a gente. Abaixo falaremos sobre três ervas aromáticas que podem ser de grande ajuda para o dia a dia na cozinha, e daremos algumas dicas sobre como cultivá-las em casa. Confira!

Três ervas aromáticas para cultivar em casa: 

ervas aromáticas - alecrim

Foto por Envato

1. Alecrim

Cheiroso como só ele, o alecrim faz bastante sucesso na culinária. Ele é muito utilizado para temperar carnes e fazer aquelas famosas batatas douradas. Mas, além disso, se mostra bastante eficiente quando trata-se de dar mais sabor às sopas, guisados e até mesmo pães, como é possível comprovar ao experimentar uma boa focaccia com alecrim.

Sendo assim, cultivar o alecrim na sua cozinha pode ser uma ótima ideia, já que ele permite o cultivo em vasos. No entanto, é sempre bom lembrar que essa planta precisa de pelo menos 4h de sol por dia e não necessita de tanta água. Regar uma vez a cada dois dias é a melhor opção. Além disso, busque cultivá-lo em areia e composto orgânico úmido. 

ervas aromáticas - coentro

Foto por Envato

2. Coentro

O coentro é uma das ervas aromáticas que costumam dividir opiniões. Enquanto existem aqueles que amam e gostam de colocá-lo em tudo, tem gente que não pode ver um pedaço de coentro na comida que já vai tirando. 

Mas se você faz parte do primeiro grupo é só se jogar. Além de ficar ótimo em pratos com frutos do mar ele também ajuda a dar um sabor especial ao feijão, e até suas sementes podem ser aproveitadas no preparo de algumas receitas. 

O coentro é uma planta que gosta de sol. Claro, nada em exagero para não queimar suas folhas. Mas, no geral, é uma planta que prefere climas quentes. Seu solo deve estar sempre úmido, mas nunca encharcado, e qualquer solo agricultável tende a ser bom para o seu cultivo.

ervas aromáticas - manjericão

Foto por Envato

Manjericão

Se você gosta de cozinhar e comer massas, o manjericão é a escolha perfeita. Porém, vale dizer que suas combinações não se limitam a esse tipo de prato: ele também sabe funcionar com maestria no tempero de saladas, aves e alguns ensopados. Logo, plantá-lo em casa para usá-lo sempre fresquinho é uma ótima pedida. 

Assim como o alecrim, o manjericão precisa de pelo menos 4h de luz solar direta por dia. Além disso, é importante escolher um vaso que tenha pelo menos 30 centímetro de profundidade. Afinal, essa planta costuma crescer mais do que a maioria das ervas aromáticas que geralmente são cultivadas em casa. Ademais, seu solo ideal apresenta uma composição de terra com composto orgânico. 

Por fim, é importante dizer que os vasos escolhidos para qualquer uma dessas ervas aromáticas deve possibilitar a drenagem do solo. E que essas plantas, assim como outras de características semelhantes, possuem um ciclo de vida curto. 

Gostou das nossas dicas de ervas aromáticas para você cultivar em casa? Deseja ler mais textos como este? Então continue nos acompanhando por aqui! Além disso, se quiser receber nossas novidades em primeira mão, basta preencher o formulário abaixo.