fbpx

Bancada para cozinha: como escolher o tipo certo para a sua?

A bancada para cozinha é um elemento de grande importância no cômodo, pois além de multifuncional ajuda a otimizar espaço. Por esse motivo, deve ser escolhida com cuidado. Mas com tantos modelos e materiais disponíveis no mercado, pode não ser tão fácil fazer essa escolha. Além disso, há vários aspectos para analisar, que vão desde a estética ao custo-benefício.

Sendo assim, trouxemos aqui algumas dicas para te ajudar a optar pela melhor bancada para a sua cozinha. Quer saber quais são elas? Então confira abaixo! 

bancada para cozinha - cozinha com bancada no centro

Foto por Sidekix Media/Unsplash

O que considerar ao escolher a bancada para cozinha?

Existem algumas características que você precisa analisar com atenção ao ir em busca da melhor bancada para a sua cozinha. Resistência e durabilidade do material, funcionalidade e praticidade de manutenção são algumas delas. 

Além disso, é preciso observar se as características visuais do material escolhido para a bancada combinarão com o projeto pensado para o ambiente. É também necessário ter em mente que a bancada para cozinha pode ter múltiplas funções, desde servir para o preparo de refeições até para a divisão de ambientes integrados. 

Ademais, ela provavelmente entrará em contato com calor, frio, água e químicos. Por isso, precisará corresponder às necessidades de uso da sua família ao mesmo tempo em que se mantém conservada. 

Já sobre a altura da bancada, o recomendado é que ela possua 90cm de altura. Mas, isso pode ser mudado dependendo do projeto e da altura dos moradores.

bancada para cozinha - estilo americano

Foto por Naomi Hébert/Unsplash

Com que tipo de material a bancada deve ser feita?

Embora as bancadas possam ser construídas com elementos como o inox e a madeira, o material mais recomendado pelos arquitetos são as pedras. Afinal, elas são versáteis, estáveis e resistentes. Além disso, atualmente existem várias opções no mercado, das mais naturais às mais tecnológicas.

As pedras naturais são ótimas para quem busca praticidade, no entanto deve-se ter cuidado com a escolha. O mármore, por exemplo, por ser muito poroso e manchar com facilidade, pode não ser a melhor das opções. 

Por outro lado, o granito e o quartzito costumam ser muito indicados. Eles aguentam temperaturas variadas, são resistentes à água e riscos e não são tão porosos. Porém, também precisa haver cautela na escolha. 

No caso do granito, ele apresenta sim um ótimo custo-benefício, mas exige alguns cuidados na manutenção pois absorve líquidos e pode manchar. Dessa forma, vale considerar um serviço de impermeabilização se você for optar por essa pedra. Além disso, para manter a conservação, o polimento é recomendado esporadicamente. 

Já os materiais que são compostos feitos de resina e quartzo, conhecidos como Silestone, Quartzstone, Topzstone e Caesarstone fazem sucesso. Eles não são tão porosos quanto algumas pedras naturais, mas resistem bem a riscos e manchas, são moldáveis e apresentam várias opções de acabamento. 

No entanto, é preciso ficar atento ao fato de que eles não aguentam temperaturas tão altas. Por fim, claro, independente do material escolhido, o cuidado com a manutenção é essencial para a conservação da peça. 

Gostou das nossas dicas de como escolher bancada para cozinha? Então continue nos acompanhando por aqui e leia mais textos como esse! Você também pode preencher o formulário abaixo e receber nossos conteúdos em primeira mão.